5 CRITÉRIOS PARA CONSIDERAR AO AVALIAR A REPUTAÇÃO DE UM ADVOGADO

5 CRITÉRIOS PARA CONSIDERAR AO AVALIAR A REPUTAÇÃO DE UM ADVOGADO

Relutamos em buscar a ajuda de um profissional jurídico, pois acreditamos na importância de resolver as coisas de maneira pacífica. Aceitar que chegou o momento de procurar a ajuda de um advogado, de uma maneira geral, parece uma tarefa difícil.

Estar em um período de fragilidade, devido aos problemas enfrentados, dificulta a decisão, mas é fundamental contar com um profissional competente que resolva tudo de forma ágil e correta. Com tantos advogados no mercado, é importante estudar as opções antes de contratar.

Por isso resolvemos apresentar 5 critérios para considerar ao avaliar a reputação de um advogado.

COMO AVALIAR A REPUTAÇÃO DE UM ADVOGADO

1. INDICAÇÃO DO PROFISSIONAL

É imprescindível ouvir opiniões ou buscar informações com amigos, parentes ou conhecidos sobre o profissional que desejamos contratar. Afinal, a boa reputação de um advogado é fundamental para conquistar o reconhecimento das pessoas. Seus amigos indicarão aqueles profissionais que já desempenharam suas funções com perfeição e que os fizeram ficar satisfeitos com a atuação do advogado escolhido. Peça opinião e pesquise sobre a indicação!

2. APERFEIÇOAMENTO DO ADVOGADO 

Todo profissional tem uma área escolhida, que ele desempenha com mais eficácia, por exemplo: advogados trabalhistas estudam e se aprimoram diariamente sobre a área trabalhista, ou seja, seu foco será principalmente nesse âmbito. Portanto, é fundamental pesquisar advogados que estudam, se desenvolvem e conquistam experiência na área na qual seu problema jurídico se apresenta. Assim, será mais fácil gerar efeitos positivos no seu caso.

3. EXPERIÊNCIA NO ASSUNTO DO PROCESSO

Advogados com experiência no assunto relativo ao problema apresentado, facilmente terão conhecimento de brechas jurídicas. Em consequência disso, terão um número mais expressivo de causas ganhas nos tribunais. Analise quais foram as causas nas quais o advogado escolhido conseguiu obter êxito com suas petições, assim como, verifique se ele apresentou bons argumentos. Só assim, você terá certeza de conseguir mais chances de o seu processo vencer.

4. ÉTICA DO SERVIÇO

É o mais importante de todos os tópicos. Ética no serviço é extremamente fundamental para reconhecer a reputação de um advogado. É por meio dela que você sabe se o advogado tem registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e se ele teve alguma medida de restrição administrativa por mau comportamento em algum momento.

Ninguém deseja contratar uma pessoa de mau-caráter, lenta no desempenho de suas tarefas, que perca os prazos, que subtraia o dinheiro do cliente, dentre outras irregularidades. Portanto, após ter em mente um advogado candidato, procure saber da ética dele para ter mais segurança nas atividades a serem realizadas.

5. HISTÓRICO PÚBLICO

Por último, uma dica muito usada nos dias atuais, caracterizada pelo uso intensivo da internet. Nesses novos tempos, ficou mais fácil descobrir a reputação de um advogado por meio de mídias sociais, plataformas como Reclame Aqui e JusBrasil. Nesses sites e mídias é possível analisar o desempenho do profissional, o conhecimento do assunto, os valores cobrados para solução dos conflitos, dentre outros importantes aspectos. Pesquise sobre isso!

FONTE: https://blog.elisioquadros.adv.br/criterios-de-avaliacao-reputacao-do-advogado/

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *